Links Promocionais

Sempre atualizada no que diz respeito a Soluções de Publicidade Online, a Conexão Mercado – Agente Autorizado TeleListas.net, atualmente comercializa o serviço de Links Promocionais, que nada mais é do que a junção de Anúncios Prime no TeleListas.net + Links Patrocinados.

Continue lendo

Anúncio Prime TeleListas.net

Você sabia que 65% dos usuários procuram na Internet por produtos ou serviços? Se você tem seu próprio negócio, com certeza não quer ficar fora dos resultados de busca!

É pensando nos pequenos e médios empreendedores que a Conexão Mercado – Agente Autorizado TeleListas.net comercializa Anúncios Premium no portal de buscas especializado por empresas mais completo e atualizado do Brasil.

Continue lendo

6 dicas para vender mais em tempos de crise

cm_estrategia

A queda nas vendas do comércio varejista está assustando os lojistas. Para se ter uma ideia, o faturamento das lojas caiu 10%, na comparação com o mesmo período de 2015, segundo a consultoria GFK.

Desde 2010 não há uma redução tão forte na venda de bens duráveis como eletrodomésticos e eletrônicos. Os equipamentos de som e televisores são os que estão sendo menos vendidos nos últimos 16 meses, de acordo com o levantamento.

TV ainda é o eletrônico mais encontrado nas casas brasileiras

Mesmo com as pessoas comprando menos, é preciso lembrar que os aparelhos de TV são os eletrônicos mais encontrados nos lares brasileiros segundo o último censo do IBGE. Dessa forma, é um produto que, mesmo em tempos crise, é sempre bom investir.

Além disso, os eletrodomésticos da linha branca como, por exemplo, a máquina de lavar também são sempre procurados pelos consumidores.

Dicas para melhorar as vendas em tempos de crise

Sua loja também está vendendo menos? Embora o momento seja de retração da economia, é possível dar a volta por cima e conseguir realizar mais vendas. Confira algumas dicas para vender mais durante a crise:

Nunca deixe de comprar produtos de qualidade

A crise pode estar impactando negativamente suas vendas, mas lembre-se: a economia é cíclica. Os tempos de crescimento econômico irão voltar, mais cedo ou mais tarde e, com eles, pessoas dispostas a consumir.

Um erro que alguns empresários cometem em fases de retração é deixar de investir em produtos de qualidade. Esse tipo de ação pode ter consequências desastrosas para a reputação de sua loja. E uma vez que a empresa perde a confiança do consumidor, é muito difícil reconquistá-la.

Fornecedor de credibilidade é fundamental

A escolha do fornecedor precisa ser muito criteriosa. Afinal, se os produtos que você comprar deles e revender em sua loja não forem de qualidade, o cliente ficará chateado é com a sua empresa.

Faça promoções para produtos encalhados

Descubra onde você está investindo, mas não está obtendo tanto retorno. Ao identificar esses produtos, faça promoções. Com o preço mais atrativo, a tendência é que eles voltem a ser comprados.

Melhore a experiência de compra na sua loja

A dica é se colocar sempre no lugar do consumidor. Faça uma decoração diferenciada e funcional em sua loja. Essa é uma das estratégias que podem fazer a diferença nesse quesito. Também pergunte sempre como foi a experiência de compra em sua empresa.

Encare o problema específico da sua loja

Os clientes visitam sua loja mas não compram? Encarar a realidade atual do seu empreendimento é o primeiro passo para encontrar soluções eficazes.

Se as pessoas chegam ao seu ponto de venda é um bom começo. Afinal, você já sabe que o consumidor tem intenção de comprar determinado produto, mas não pode comprometer a renda (ou não quer). Então, oferecer descontos atrativos pode resolver o problema. Pense em promoções irresistíveis para fisgar seus clientes.

Analise sempre

Outra dica importante para contornar a crise é ter consciência dos seus pontos fracos e fortes. Dessa forma, você poderá administrar melhor seus recursos. Também facilita identificar mais facilmente oportunidades.

Em crescimento, setor de moda online atrai empreendedores

Dicas de marketing digital para revendedoras de lingerie

O setor de e-commerce é um dos que menos sofrem com a crise econômica no país. A estimativa é de crescimento de 18% este ano em relação a 2015, com faturamento total de R$ 56,8 bilhões, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Dentro do universo de e-commerce o setor de moda online se destaca, movimentando mais de R$ 150 bilhões no ano passado, de acordo com o Google Varejo. Apenas a categoria de moda e assessórios representa quase 15% de todo o mercado.

Com todas as perspectivas positivas, este setor está atraindo mais empreendedores, embora haja grandes players. O empresário Marco Sini acabou de colocar no ar a LivStorm, loja online de moda voltada para o universo skate, surf e streetwear. Flexibilidade, agilidade e baixo custo para criar e operar uma uma loja virtual são grandes vantagens do e-commerce em relação ás lojas tradicionais. Contudo, não basta apenas ter uma ideia e colocar no ar a loja para obter sucesso.

Ele conta que o projeto da LivStorm começou há cerca de um ano com o projeto de imersão, o estudo de mercado e o plano de negócios elaborado com supervisionamento dos consultores Topper Minds. Para avançar com o projeto, o empresário recrutou uma equipe de profissionais com experiência em projetos de comércio eletrônico. Os Stormes, como foram batizados, trouxeram para a LivStorm o conhecimento e expertise do setor.

Com todas as informações e estudos disponíveis, segundo Sini, a equipe conseguiu identificar uma oportunidade no mercado de desenvolver um negócio online que pudesse levar ao cliente serviços com valores agregados e “que não estivesse vinculado somente a preço a qualquer custo. Queremos entregar valor na experiência de compra… essa é nossa missão. Escutar os anseios e desejos dos clientes para com nossos produtos e serviços… essa é a nossa paixão”.

Um ponto a favor do projeto da LivStorme é que Marco Sini já possui vasta experiência no setor de moda. Inclusive, foi a partir desta experiência e do conhecimento dos gargalos do setor que o empresário resolveu criar a LivStorm. Marco Sini atuou durante anos como Private Label, desenvolvendo e fabricando coleções de produtos para licenciados de grandes marcas nacionais e internacionais.

A partir desta experiência, Marco Sini notou que a pressão dos licenciados das marcas pela redução de custos estava chegando ao limite, prejudicando a qualidade do produtos e colocando em xeque os valores e o posicionamento das grifes no mercado. A quantidade de revendedores até que o produto chegasse ao consumidor final fazia com que os fabricantes reduzissem a margem de lucro e as marcas abrissem mão da qualidade, prejudicando a sustentabilidade de todo o negócio.

“Diante desta realidade, iniciamos um projeto de parcerias (licenciamentos) direto com os proprietários das marcas, permitindo que pudéssemos comercializar boa partes dos produtos, desde sua fabricação até chegar no consumidor final”, conclui Marco Sini.

Como preparar vendedores para vender produtos tecnológicos

Como preparar vendedores para vender produtos tecnológicos

Um bom vendedor é aquele que domina tudo acerca de determinado produto. A área tecnológica é um dos setores que mais oferecem oportunidades de negócios atualmente, com destaque para smartphones.

O celular touch screen é um item que lidera o ranking nas listas de desejos de milhões de consumidores, disparando nas vendas durante datas comemorativas. Produtos de mil e uma utilidades, os smartphones contam com aplicativos cada vez mais completos e com múltiplas funções.

Um profissional de sucesso precisa deter não somente informações técnicas: ele precisa estar imerso no mercado tecnológico de modo geral. Esse diferencial abre maiores chances de fechar vendas com consumidores exigentes e antenados em todas as novidades do segmento.

A ideia é falar a mesma língua do cliente e ir além do discurso informativo: entusiasmo e intimidade com o produto são essenciais para conquistar credibilidade em um mercado cada vez mais competitivo. Afinal, seu cliente está em busca de soluções, e não um mero objeto material.

Criatividade, conhecimento e comunicação

Uma fórmula de sucesso no ramo de vendas é oferecer um atendimento único e especial. Em tempos de crise e concorrência acirrada, criatividade e ousadia são grandes diferenciais. Porém, é preciso dosar a inventividade com seriedade, para conferir sustento à fala do vendedor. Nesse momento, mesclar conhecimento com um tom pessoal confere veracidade ao discurso do profissional.

Oferecer soluções sempre: humanizando o atendimento

Aproveite o atendimento para compreender melhor o cliente. Ir além do processo de apresentação, convencimento e pagamento é fundamental. Saber quem ele é e para quais fins e objetivos o produto será adquirido é uma maneira de ouvir o que o consumidor tem a dizer, enriquecendo o ato da venda.

Na venda de smartphones temos um bom exemplo de como aplicar essa técnica de venda. Se seu cliente está procurando um celular 3G, destaque as vantagens do aparelho para atestar que o produto conta com um conjunto suficiente para as necessidades do dia a dia. Pode ser que, conhecendo melhor a necessidade desse cliente, a melhor opção para ele seja celular 4G seja uma solução tecnológica mais eficiente a longo prazo. Esse atendimento personalizado e consultivo será lembrado pelo cliente no futuro, sempre que ele notar que fez a escolha certa graças à ajuda do vendedor. Esse é um excelente modo de fidelizá-lo.

3 dicas para afiar a equipe de vendas em produtos tecnológicos

  • Verifique se os fabricantes disponibilizam treinamentos para seus colaboradores. A maneira mais segura de obter informações de conteúdo sobre determinado produto é por meio de uma preparação oficial, fornecida pela marca. No ato da compra, averigue junto ao fabricante sobre essa questão.
  • Aproveite a internet para tirar dúvidas e acrescentar conteúdo informativo: vídeos, artigos, blogs e outros canais são formas interativas e eficientes para preparar um time de vendas eficiente e atualizado. Acompanhar lançamentos e notícias é imprescindível!
  • Converse com a equipe de vendas para levantar dúvidas ou sugestões. Os vendedores precisam ser experts em tudo que envolve o produto, sendo necessário constantes reciclagens e atualizações sobre o mercado de tecnologia. Empresas como a Gazin Atacado realizam treinamentos com vendedores e supervisores, abordando tanto a parte técnica de produtos quanto o preparo para a gestão de negócios e equipes.

4 passos para criar um Atendimento ao Cliente impecável

4 passos para criar um Atendimento ao Cliente impecável*Por José Ricardo Noronha

Por mais incrível que possa parecer, ainda são poucas as empresas que se atentaram para o fato de que o Atendimento ao Cliente é um dos mais importantes diferenciais competitivos neste mundo cada vez mais desafiador.

Aliás, vou até um pouco mais longe! O Atendimento ao Cliente é, em muitos casos, o único e mais importante diferencial competitivo de incontáveis empresas, já que os produtos e serviços que elas vendem têm concorrentes tão bons ou até melhores que os dela.

Por isso, compartilho neste artigo alguns passos que considero essenciais para você e todos os seus líderes e liderados darem ainda mais ênfase à criação de um Atendimento ao Cliente de excelência.

1) Invista em treinamento contínuo

Tão importante quanto participar de todos os treinamentos sobre os atributos, características e benefícios dos produtos e serviços que vocês vendem é se preocupar também com capacitações ligadas às áreas de negociação e relacionamento interpessoal.

Penso que você vai concordar comigo que, muitas vezes, somos muito bons tecnicamente, mas ainda nos faltam algumas competências essenciais como saber negociar com mais técnica, se comunicar de forma ainda mais assertiva e se conectar aos mais diversos perfis psicológicos dos nossos clientes.

Por isso mesmo, não foque apenas nos produtos e serviços! Foque também nas atitudes e comportamentos de excelência, pois no mundo extremamente competitivo que hoje estamos não podemos aceitar de forma alguma um atendimento medíocre.

2) Dê a devida autonomia aos seus profissionais

Não por acaso, algumas das melhores e mais incríveis empresas do mundo transformaram o seu Atendimento ao Cliente no componente mais incrível da sua “receita de sucesso”.

E, para que esta “receita” ficasse realmente sensacional, praticamente todas elas deram maior autonomia aos seus profissionais. Isso para que eles se sentissem empoderados para resolverem a maioria dos problemas do seu cliente imediatamente.

Estudos comprovam que, em mais de 90% dos incidentes reportados onde os profissionais são rudes ao lidarem com os problemas dos seus clientes, o problema está exatamente na incapacidade e na incompreensão destes profissionais sobre o que precisa ser feito para resolver ali, naquele momento, a questão.

Mesmo se você não for líder, precisa ter a atitude proativa de solicitar aos seus líderes que lhe deem maior autonomia para que possa dar um atendimento muito mais ágil a todos os seus clientes. E, ainda, tenha o poder de resolver a maioria dos problemas dos clientes o mais rapidamente possível.

3) Preste atenção redobrada a todas as interações com os seus clientes

Lembre-se sempre que toda e qualquer interação com o seu cliente, seja em uma visita de prospecção, uma reunião de negócios, uma ida à sua loja ou uma ligação dele, são grandes oportunidades de fazer uma pergunta um tanto quanto simples e impactante: “Como estamos indo em nosso Atendimento ao Cliente?”.

Peça o feedback mais cândido que puder a todos eles, pois são estas avaliações que lhe darão informações preciosas para entender onde estão as suas “forças” no atendimento e as suas “fraquezas”, que correspondem aos problemas que precisam de correção.

4) Invista fortemente no “boca a boca”

Inúmeras pesquisas e estudos comprovam que a mais eficiente e barata forma de conquistar novos clientes é através das recomendações dos seus clientes mais satisfeitos, leais e fiéis.

Por isso mesmo você é tão importante para fazer com que cada experiência que o seu cliente tenha com você, que não custa lembrar é aos olhos do seu cliente a “sua empresa”, seja realmente espetacular.

Para medir o sucesso no “boca a boca”, você pode usar muitas técnicas e incrementar alguns processos imediatamente em sua empresa. É fundamental, por exemplo, que você sempre pergunte para um novo cliente de que forma ele chegou até vocês.

Isso lhe permitirá monitorar um dos indicadores chave de performance mais importantes nesta “Era da Experiência” em que vivemos, na qual o Atendimento ao Cliente é, em boa parte das vezes, o maior e mais importante diferencial competitivo que temos em nossas mãos!

Tenho certeza de que você irá se surpreender com a força das recomendações para turbinar a sua produtividade, a sua performance e as suas vendas.

Boa sorte e sucesso!

* José Ricardo Noronha é vendedor, palestrante, professor, escritor e consultor. Formou-se em Direito pela PUC/SP e tem MBA Executivo Internacional pela FIA/USP. Possui especialização em Marketing, Empreendedorismo, Empreendedorismo Social e Vendas pela Owen Graduate School of Management e é Professor dos MBAs da FIA. É autor dos livros “Vendedores Vencedores” e “Vendas. Como eu faço?”. www.paixaoporvendas.com.br